Entenda o que é CPC para iniciar suas campanhas pagas

Entenda o que é CPC:

Está começando a elaborar as primeiras campanhas de anúncios pagos? Entenda o conceito de CPC e por que ele precisa ser analisado sempre.

14/01/2019

PorHotmart

8 min

Quando se inicia um projeto novo na internet, um site por exemplo, uma das primeiras preocupações é como dar visibilidade a ele.

É aí que entram como alternativas as campanhas de anúncios digitais, com aplicações e resultados diversos.

Elas têm um potencial de alavancar as vendas ou promover uma ação, produto ou serviço de maneira rápida.

Mas onde o CPC entra nisso?

Custo por clique (CPC) é uma medida relativa às campanhas de mídias paga que indica o custo por cada clique em seu anúncio. É ele quem diz o quanto vale à pena investir em um formato de anúncio na internet.

Por óbvio as campanhas pagas significam investir dinheiro. E todo empreendedor deseja otimizar o máximo possível dos seus investimentos, para ter o melhor retorno possível nas ações.

Por isso, conhecer estas estratégias é importante, principalmente para novos empreendedores digitais. Neste post, vamos te ajudar a entender um pouco mais sobre o CPC.

Qual a diferença entre CPC, CPM e CPA?

Você já entendeu que o CPC é o valor cobrado por clique de um usuário em um anúncio feito na internet.

Geralmente, o principal objetivo das campanhas é o de gerar tráfego no site. Ou seja, se você é o anunciante, você paga por cada clique em seu anúncio em um outro site que leve os visitantes até o seu próprio. Mas você também pode ser quem ganha dinheiro com blog.

O CPC difere-se de outras estratégias também muito utilizadas no marketing digital como o Custo por Mil (CPM) e o Custo por Aquisição (CPA).

O CPM é um valor cobrado a cada mil impressões de um anúncio em um site. Ou seja, a cada mil aparições ou visualizações da campanha em um página, o anunciante paga um valor.

Esta medida é muito utilizada por marcas para transmitir uma mensagem específica, em uma campanha de marca por exemplo. Aproveita a audiência para expor a marca.

O interessante deste tipo de anúncio é que já se trabalha com uma previsão de valores. Por outro lado, abre mão da ação dos usuários que podem não clicar nestes anúncios.

Já o CPA é muito mais específico, pois o anunciante só efetua o pagamento quando os visitantes completam a ação final desejada. Ou seja, quando adquirem o produto ou serviço do site anunciado.

É um formato mais utilizado por quem já tem altas taxas de lucros em seus produtos, pois este valor de anúncio costuma ser mais caro. É utilizada também em campanhas mais agressivas com foco na conversão.

Se você começou a anunciar agora e precisa gerar uma movimentação em sua página, o mais recomendado é o CPC. E é por isso que você precisa continuar lendo este post.

Como calcular o CPC?

Se você está considerando uma campanha para gerar tráfego, pode ser que esteja se perguntando: qual o valor máximo que devo pagar por um clique que leve até meu site?

Bem, este é um valor que a princípio pode ser calculado de uma maneira simples, dividindo o valor investido pelo número de cliques.

Mas este não é o cálculo mais adequado, já que um clique não quer dizer automaticamente uma venda.

Sendo assim, devem ser levados em conta todos os fatores envolvidos, para obter um valor ainda mais preciso capaz de gerar maiores lucros. E qual é?

O CPC Máximo. Calma! Vamos te explicar o que é isso.

Antes de tudo, precisamos ter em mente o lucro bruto por pedido, a taxa de conversão de seu site e a frequência de visitantes considerada satisfatória no determinado período.

Para calcular o lucro bruto, basta diminuir do valor total da venda do valor da produção do item a ser vendido.

A equação é: VT – VPI = LB. Sendo que:

VT = Valor total da venda
VPI = Valor da produção do item a ser vendido
LB = luco bruto
Na prática: se você pretende vender um kit de bebidas por R$ 70 e o custo para produzi-lo foi de R$ 45, o seu lucro bruto é de R$ 35. Simples, não é?

Este é o valor que deve ser multiplicado pela taxa de conversão. Você deve estar perguntando: mas o que é essa taxa?

Bom, a taxa de conversão pode ser encontrada dividindo a quantidade de vendas efetivadas em um período pelo número de visitantes no mesmo espaço de tempo.

Se o seu site obteve 20 vendas a cada 2000 visitantes, sua taxa de conversão é de 0,01, ou seja, 1%.

Em outras palavras, em média você precisa de no mínimo 100 visitantes para efetivar uma venda.

Agora sim, o CPC Máximo pode ser calculado:

CPC Máximo = Lucro Bruto x Taxa de Conversão .

Em nosso exemplo anterior, este valor seria obtido por meio do cálculo 25 x 0,01, que seria 0,25. Ou seja, cada clique poderia custar no máximo 25 centavos.

Construindo a campanha

Tratando-se de anúncios neste formato, algumas questões devem ser pensadas antes de colocá-los em prática.

Observando esses detalhes, pode-se criar uma campanha que dialogue muito mais com o público-alvo e seja muito mais eficiente para os ganhos de sua empresa.

Veja algumas dicas que separamos para você:

1. Capriche na segmentação

stude bem a sua persona e qual é o público das páginas onde pretende veicular seus anúncios. Eles devem dialogar entre si, para evitar fluxo desnecessário para seu site.

Além disso, falando para o público no local certo, você consegue gerar muito mais identificação e interesse. Consequentemente, aumenta as suas conversões.

E é também por isso que suas estratégias e objetivos devem estar bem definidos. Isso vai te garantir uma análise efetiva dos desdobramentos da campanha.

Na hora de segmentar você deve considerar:

Plataformas que serão utilizadas;
Dispositivos em que a pessoa acessa;
Faixa etária;
Gênero;
Gostos;
Localização;
Interesses.
Quanto mais direecionada, maior a chance de atingir aqueles de fato se interessarão por sua marca e seus produtos, possibilitando a conversão em compras.

2. Faça testes com diferentes campanhas para a mesma palavra chave

Realize uma pesquisa bem elaborada de palavras-chave que podem ser utilizadas no anúncio.

O bom emprego delas é responsável por grande parte da efetividade e otimização das campanhas.

E você pode e deve testar diferentes campanhas, modelos e cores para a mesma palavra chave.

Existem ferramentas que podem ajudar você a encontrar as melhores palavras, mas mais do que isso, é preciso que você saiba exatamente quais são seus objetivos com a campanha.

Assim você consegue identificar a melhor forma de dialogar com seu público. E avaliar o que é mais atrativo para ele, a partir de quais combinações que geraram mais engajamentos e resultados.

Lembre-se de registrar todas os testes para analisar depois qual deles fez mais sentido no seu negócio.

3. Acompanhe de perto

Análise e monitoramento são importantes em todas as etapas nas criações de campanha.

Utilize ferramentas próprias e também as suas anotações e impressões.

Avalie com frequência o desempenho da campanha, lembrando-se que quaisquer indicativos, positivos e negativos, são pontos de aprendizados e partidas para outras ações.

Faça alterações sempre que necessário, assim você conseguirá também um termômetro daquilo que é eficaz ou não.

Estas são estratégias diretas, então devem sempre acompanhar a realidade de seus negócios, sendo a possibilidade de métricas uma das principais vantagens deste modelo.

Os resultados analisados aqui vão servir de base para as próximas criações de campanhas e tomadas de decisão

4. Mantenha o público em seu site

É muito importante pensar em estratégias de conversão dentro do seu próprio site.

A página do anúncio vai ser a porta de entrada para muitos visitantes que podem se tornar futuros clientes, então ela deve conter elementos pensados na alta retenção de fluxo para o site.

De nada adianta levar as pessoas até ele se ele não se mostrar atrativo a ponto delas não desejarem prosseguir sua compra.

Esta é uma das ações que mais podem te trazer retorno sobre seu investimento.

Afinal, aumentando a possibilidade de experiência positiva do publico em seu site, facilmente ele se sentirá mais interessado em outros itens que não só aquele utilizado na promoção

Uma página com as mensagens claras, de boa visibilidade e navegabilidade, com layout dinâmico e intuitivo fazem toda diferença.

Aposte em plataformas e técnicas de otimização para garantir seu sucesso online.

Conclusão

Os anúncios pagos na internet são uma alternativa dinâmica e eficaz, principalmente para quem está começando sua carreira no meio digital.

E eles podem ser utilizados e precificados de diversas maneiras, de acordo com os objetivos que os anunciantes querem atingir.

Além disso propiciam um direcionamento muito mais específico que as mídias tradicionais, além de possibilidade maior de monitoramento e avaliação de resultados.

Investir em mídia paga pode trazer benefícios de maneira rápida, uma vez que se valem de estratégias bem focadas.

Mas, é essencial se atualizar e entender mais sobre as plataformas e ações para diminuir os prejuízos e aumentar o desempenho das campanhas.

Fonte:blog.hotmart